Quanto custa um contador?

Quanto custa um contador?

Antes de falarmos sobre quanto custa à mão de obra de um contador, você precisa saber aonde será empregada à função que ele desempenhará.

Quando precisará de um, e por fim, para que contratar os seus serviços!
O contador tem os conhecimentos que serão desempenhados na área fiscal, tributária e trabalhista.
Conhecimentos estes que poderão ser desenvolvidos em uma instituição, na prestação de serviços para pessoas físicas, entidades governamentais e não governamentais.

Tenha êxito na tomada de decisões

O contador é uma das chaves fundamentais para que seu negócio venha a ter êxito, mesmo criando a sua MEI como citei no artigo anterior, é importante consultar junto a este profissional para que trabalhando em equipe a empresa tenha um percentual menor em perdas com decisões equivocadas, e não assertivas!

Podendo ser também sócio ou proprietário de algum empreendimento contábil, ou prestar consultorias e treinamentos externos.

Afinal de contas nenhum empreendedor iniciará seus projetos profissionais como a abertura e consolidação da empresa no mercado para perder o capital investido.

Ainda assim o contador sempre respalda as informações através de boletins gratuitos, que são remetidos via e-mail desta maneira consultando o Portal tributário, evitará equívocos e prejuízos no site: (http://www.portaltributario.com.br/noticias/).

Quando devo contratar um contador?

Detalhei uma listagem de alguns serviços que indico para consultas ao profissional que auxiliaram tanto a sua empresa quanto a você como pessoa física.

  • Um contador deve ser consultado para dúvidas tributárias, trabalhistas e fiscais.
  • Quando é necessária a declaração do IR e você tenha dúvidas de como e quais são os requisitos desta declaração.
  • Dúvidas empresariais, abertura de LTDA – S/A , EPP.
  • Formalização da abertura e acompanhamento nos órgãos competentes e recolhimentos de taxas.
  • Alteração e inclusão de sócios no contrato social.
  • Para inclusão e lançamentos de folha de pagamento e guias de recolhimentos dos colaboradores.
  • Auxilio na tomada de decisões empresariais.
  • Contrato de compra e venda de imóveis, desde que seja acompanhado de auxílio jurídico.
  • Decores.
  • Certidões.
  • Auditorias para empresas.
  • Realização e apresentação do DRE (Demonstração de Resultados do Exercício de uma empresa), nele todos os ativos, depreciações dos bens, despesas, e lucros, estarão lançados no DRE.
  • Estatutos de condomínio.
  • Baixas de Sociedades EPP; LTDA; ME.
  • Atas de assembleias.
  • Formulários do IBGE.
  • Formulário Ibama.
  • Assessorias Federais.
  • Rais Negativa.

Detalhei algumas das funções que o contador poderá realizar no exercício de sua profissão.

Vamos falar do custo, ou seja, o quanto você investirá e quem realiza a regulamentação destes serviços:

Todo contador deverá ter seu registro em dia. E quem regulariza essa atividade é o Conselho através da: RESOLUÇÃO DO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE – CFC Nº 1.389 de 30.03.2012.

Esta fiscaliza o exercício das atribuições legais de cada contador.

Abaixo selecionei alguns valores cobrados pela média dos contadores através de uma pesquisa de mercado realizada.
Vale ressaltar que cada contador trabalha com sua tabela, mesmo tendo a regularização da tabela de serviços fixados pelo Conselho Regional de Contabilidade.

O que dependerá do trabalho prestado e sua complexidade:

  • IR – valor de mercado varia de R$ 50,00 (cinquenta reais) a R$ 100,00 (cem reais);
  • Honorários base para prestadoras de serviços escrituração fiscal R$ 400,00 (quatrocentos reais) mensais;
  • Entidades sem fins lucrativos escrituração fiscal R$ 510,00 (quinhentos e dez reais);
  • Formulário do Ibama R$ 164,00 (cento e sessenta e quatro reais);
  • Atas de assembleias gerais S/A R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais);
  • Estatutos de Condomínios R$ 2.000,00 (dois mil reais);
  • Rais negativa R$ 35,00 (trinta e cinco reais)

Na dúvida, não tome nenhuma decisão sozinho, lembre-se que uma empresa mesmo que em vigor, responderá por suas atividades e você como representante deverá estar respaldado para que tome as decisões mais assertivas, sem impactar no valor que você já investiu. Sempre que precisar procure um Contador para te auxiliar no que estiver ao alcance do mesmo!

No próximo artigo falarei sobre as oportunidades que você como empreendedor não poderá perder!
Até lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.